top of page

Movimento une forças contra o tráfico de animais selvagens

Organizações não governamentais e empresas promovem mobilização política e social contra delitos à biodiversidade



Aves estão entre os animais mais traficados no Brasil. Foto: Fundação Astrojildo Pereira/Divulgação


Ainda rico em biodiversidade, o Brasil é um dos grandes fornecedores e rota global do tráfico de vida selvagem. Números subestimados apontam que 38 milhões de espécimes são retirados da natureza nacional de forma cruel e criminosa, todo ano. De cada dez animais traficados, nove morrem.

Um levantamento de ongs sobre notícias destaca que, desde 2020, mais de 34 toneladas de carne de caça e mais de 250 toneladas de pescado foram obtidas de forma criminosa no país. No período, ao menos 86 mil animais foram apreendidos em operações policiais e ambientais.


Tais números pintam um cenário trágico que o movimento Sou Amigo da Fauna quer enfrentar com mobilização política e social. Lançada hoje (29), a iniciativa é do Instituto Libio, Ampara Silvestre, SOS Pantanal e Onçafari, com apoio de empresas como Azul Linhas Aéreas e Socicam.


Fonte: ECO

Commentaires


bottom of page