top of page

CPI das ONGS decide convocar ministra do Meio Ambiente, Marina Silva

Após a ausência da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, na CPI das ONGS, nesta terça-feira (21), os senadores aprovaram o requerimento que altera o pedido de convite para convocação, o que implica na obrigatoriedade do comparecimento de Marina Silva à comissão. Os senadores também aprovaram a alteração da convocação da ministra dos Povos Originários, Sônia Guajajara, para convite, após a ministra mostrar disponibilidade de comparecimento entre os dias 13 e 15 de dezembro.


Transcrição


A CPI DAS ONGS APROVOU A CONVOCAÇÃO DA MINISTRA DO MEIO AMBIENTE, MARINA SILVA, APÓS ELA NÃO COMPARECER À COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO. TAMBÉM FOI APROVADO CONVITE À MINISTRA DOS POVOS INDÍGENAS, SÔNIA GUAJAJARA, PARA AUDIÊNCIA NA CPI. REPÓRTER: LUANA VIANA A CPI das ONGS ouviria, nesta terça-feira, o depoimento da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, mas ela não compareceu; alegando conflitos de agenda. Diante da ausência, o relator, Marcio Bittar, do União do Acre, pediu que o convite feito à ministra fosse transformado em convocação, o que foi aprovado pelos integrantes da CPI, com o voto contrário do senador Beto Faro, do PT do Pará. A convocação implica na obrigatoriedade de comparecimento de Marina Silva na Comissão. Para o presidente da CPI, Plínio Valério, do PSDB do Amazonas, a justificativa da ministra não foi convincente: Plínio Valério - Isso aqui é uma CPI, nós não podemos, por mais compreensão que tenhamos – e eu tenho. A gente conversou com o Líder Jaques Wagner até esgotar, conversando de todo jeito, insistindo para que fosse convite –, só dependeu da resposta dela, e a gente continuaria como convite, mas a resposta não foi convincente. Ela nos deixa, a véspera de encerrar a CPI, como data pra ela poder vir aqui. Além de Marina Silva, a CPI das ONG's também quer ouvir a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, antes da apresentação do relatório final. A pedido do senador Beto Faro, do PT do Pará, ela será convidada, e não convocada, para audiência na Comissão. De acordo com Faro, Sônia Guajajara se comprometeu em comparecer à CPI após a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, COP 28, em Dubai: Beto Faro - Está aqui colocando convocatória, estou esperando que a gente, me referindo ao convite, ela está se dispondo. Ela chega no dia 12, aqui em Brasília, de volta da COP.  A  Ministra Soninha Guajajara. Ela chega no dia 12 e ela se propõe, do dia 13 ao dia 15, em qualquer um dos dias ela se propõe a vir aqui.  A CPI das ONGS deve encerrar seus trabalhos em dezembro.



Sob a supervisão de Marcela Diniz, da Rádio Senado, Luana Viana.

bottom of page