top of page

Paim destaca importância da conexão entre mudanças climáticas e direitos humanos


O senador Paulo Paim (PT-RS) chamou a atenção nesta terça-feira (5) para a importância em reconhecer a interligação entre mudanças climáticas e direitos humanos. Ele enfatizou que essa conexão exerce impactos diretos na vida da população nas áreas de saúde, segurança alimentar e acesso à água.


— As alterações climáticas impactam a produção agrícola, levando à escassez de alimentos, à insegurança alimentar, violando direitos humanos, violando a alimentação adequada. Em algumas regiões, a escassez de água decorrente das mudanças climáticas afeta diretamente o direito humano ao acesso à água potável e leva à morte de toneladas de peixes, como visto no Amazonas — disse durante pronunciamento no Plenário.


O senador observou que doenças como malária e dengue estão associadas às mudanças climáticas e ressaltou que os efeitos são mais severos para grupos vulneráveis e marginalizados, agravando a desigualdade social. Segundo ele, essas comunidades frequentemente residem em áreas sem condições adequadas de infraestrutura, com falta de recursos básicos de cidadania.


Paim também manifestou preocupação com os desastres naturais recentes no Brasil, como os temporais no Rio Grande do Sul e a seca na Amazônia, que têm provocado perda de vidas. O parlamentar lembrou a necessidade de reflexão sobre o papel humano na preservação do meio ambiente e apontou a desigualdade racial e social exacerbada nas comunidades vulneráveis:


— O Brasil deve buscar o desenvolvimento sustentável, atendendo as demandas do presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações de suprir suas próprias necessidades. Esse desenvolvimento deve abranger aspectos econômicos, sociais e ambientais, visando equilibrar o crescimento econômico com a preservação dos recursos naturais e a promoção do bem-estar social. Dessa forma, é preciso abordar com ênfase a ligação entre mudanças climáticas, direitos humanos e desenvolvimento sustentável, reconhecendo que a resposta a esses desafios requer colaboração global e ações concretas em todos os níveis da sociedade — concluiu.


Fonte: Agência Senado

bottom of page