top of page

Comissão aprova proposta que cria campanha nacional de orientação sobre parvovirose canina

A doença atinge filhotes e causa diarreia, vômitos e desidratação, podendo levar à morte dos cães; projeto segue em análise na Câmara


Tabata Amaral: mortalidade pode ser reduzida com a divulgação de informações corretas


A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 2007/23, que institui campanha nacional de conscientização sobre a parvovirose canina.


A ideia é informar a população sobre a transmissão, os sintomas e as formas de prevenção e tratamento da doença viral. Ela acomete geralmente filhotes e causa diarreia, vômitos e desidratação, podendo levar à morte. Existe vacina.


A relatora, deputada Tabata Amaral (PSB-SP), recomendou a aprovação. “A alta incidência e a mortalidade da doença podem ser minimizadas a partir da correta disseminação das informações”, defendeu a parlamentar no parecer aprovado.


“O melhor é adotar medidas preventivas, a fim de evitar a infecção”, disse o autor da proposta, o deputado Bruno Ganem (Pode-SP). Segundo ele, é importante impedir o contato com outros cães antes da vacinação e procurar um especialista.


Próximos passosA proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Fonte: Agência Câmara de Notícias

Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page