Frente Parlamentar Ambientalista
Frente Parlamentar Ambientalista > Observatório de Leis > > Frente Ambientalista quer lutar por mais orçamento para a área em 2021

Em reunião virtual da Frente Parlamentar Ambientalista nesta quarta-feira (16),   o coordenador do colegiado, deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), disse que, apesar das restrições provocadas pela pandemia da COVID-19, os parlamentares conseguiram se articular para defender os interesses do colegiado. Para Rodrigo Agostinho, o principal desafio para 2021 é convencer o governo a aumentar os gastos com as pastas do Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia.

“Nós vamos ter um desafio enorme de chamar a atenção, talvez em janeiro e fevereiro, pro orçamento. Vamos ter que continuar gritando, denunciando que o orçamento não dá. O orçamento da área ambiental e o orçamento da área de ciência e tecnologia estão entre os piores da década e a gente não pode aceitar isso”, disse.

Também participaram da reunião representantes das Frentes Parlamentares Ambientalistas Estaduais. Tania Maria dos Santos, da Fundação SOS Mata Atlântica, destacou que, além da falta de recursos, houve também uma diminuição de convênios do governo federal com estados e municípios.

“Temos uma preocupação muito grande com o nosso desmonte, não só por uma questão de carreira ou de dinheiro nosso. A gente está num sistema nacional e o enfraquecimento das políticas federais enfraquece o país inteiro, enfraquece a sociedade inteira, e principalmente, gera consequências de médio e longo prazo que vão ficar aí para alguém pagar essa conta”, lamentou.

Para o deputado Nilto Tatto (PT-SP), apesar da falta de sintonia com o governo, a Frente Parlamentar Ambientalista teve um papel decisivo em 2020, promovendo debates e ações em momentos sensíveis para o meio ambiente, como as queimadas e o desmatamento na Amazônia e no Pantanal Matogrossense.

“Vamos exercitar o verbo esperançar. Acho que é isso que nós precisamos fazer, continuar na nossa toada e cada vez mais ampliando mais, porque eu tenho certeza que estamos do lado certo da história.”

Além da frente parlamentar ambientalista formada por deputados e senadores, há frentes parlamentares em defesa do meio ambiente nas assembleias legislativas de 17 estados e na Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Da Redação
Com informações da TV Câmara

Fonte: Agência Câmara de Notícias