Frente Parlamentar Ambientalista
Frente Parlamentar Ambientalista > Observatório de Leis > > Brasil e Indonésia trocam impressões sobre agenda ambiental e diplomacia parlamentar

Deputados dos dois países também dialogaram sobre o fortalecimento da relação bilateral no âmbito da União Parlamentar Internacional e do Fórum Parlamentar do G-20

Brasília – O vice-presidente da CREDN, deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR), e a Secretária de Relações Internacionais da Câmara dos Deputados, deputada Soraya Santos (PL-RJ), receberam, nesta terça-feira, 30, a presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Indonésia-Brasil, Luluk Nur Hamidad, acompanhada de cinco parlamentares. O encontro também contou com a presença do Embaixador da Indonésia no Brasil, Duta Besar Edi Yusup.

Durante o encontro, a presidente, pelo lado Indonésio, do Grupo Parlamentar destacou a importância da diplomacia parlamentar e a necessidade de aprofundar os contatos entre o Congresso brasileiro e as casas legislativas da Indonésia. Reforçou, igualmente, que a composição multipartidária da delegação é sinônimo do amplo interesse que o país desperta entre os legisladores na Indonésia.

A parlamentar indonésia também destacou o avanço da presença feminina na política de seu país – hoje parlamentares mulheres ocupam 21% das 560 cadeiras do parlamento local. O lado indonésio comentou, ainda, sobre a atualização de sua legislação ambiental à luz das novas realidades locais e dos compromissos assumidos pelo país nos fóruns internacionais.

Rubens Bueno recordou o avanço da legislação ambiental no Brasil, destacando tanto as leis voltadas para a coibição de crimes ambientais, como a recém adotada legislação de pagamentos por serviços ambientais, destinada a dar incentivos para agricultores que preservem ou recuperem a vegetação nativa em suas propriedades.

Já a deputada Soraya Santos, discorreu sobre as políticas brasileiras de incentivo à maior participação das mulheres na política brasileira, notando que o percentual de representação parlamentar feminina na Indonésia é o dobro do atualmente registrado no Brasil.

Concordou-se que ambos os países, por meio dos respectivos grupos parlamentares, teriam vasta agenda de convergência que mereceria ser explorada no curto prazo, seja por meio de encontros bilaterais ou através de fóruns multilaterais como a União Parlamentar Internacional ou o fórum parlamentar do G-20. Em 2022, a Indonésia será anfitrião tanto do G-20 quanto da 144ª. Assembleia Parlamentar da UPI.

Assessoria de Imprensa – CREDN

Fonte: Câmara dos Deputados